2010 & 2016

A nossa intervenção na remodelação deste grande hotel com 15 pisos e 279 quartos foi feita em duas fases. Em 2010 foram remodelados os quartos dos últimos quatro pisos, as suas respetivas casas de banho, as zonas de circulação, a recepção e o bar bistrô Tivoli Caffé. Em 2016 foram remodelados os restantes quartos. Os quartos têm diferentes tipologias incluindo suites. Foram feitos e executados nestas duas fases, cinco projetos de ambientes diferentes, todos eles contemporâneos, no seguimento da moderna arquitetura do edifício, e da sua localização no Parque das Nações. Uma das preocupações foi fazer as novas casas de banho muito atuais e com a cor predominante do quarto à qual pertencem. No projeto de remodelação da recepção, o principal objetivo foi modernizar, iluminar e fazer um espaço apelativo e operacional tornando-o mais amplo, com bons espaços de circulação pensando também nas zonas de estar necessárias. Foram desenhados pelo atelier os candeeiros de teto cilíndricos gigantes, os bites de madeira preta que decoram as enormes colunas estruturais existentes, assim como o sofá quadrado feito à medida a toda a volta da coluna central. No Tivoli Caffè criámos um ambiente acolhedor com cores quentes na paleta dos dourados e castanhos, que foram aplicadas nos revestimentos do pavimento, colunas, nas paredes do bar e nos tecidos. O mote foi o padrão de um tecido com o qual forramos alguns sofás. Este padrão foi desenvolvido e usado no vinil aplicado na frente do enorme balcão e foi transposto também para a sinalética deste espaço.